Reporter Catolico/

Encerramento da 57ª Assembleia da CNBB em Aparecida

-3062

Chegou ao fim nessa sexta feira dia 10, a Assembleia Geral dos Bispos e a nova presidência tomou posse. A Missa, foi celebrada logo pela manhã, no Santuário Nacional e presidida pelo arcebispo de Belo Horizonte (MG), dom Walmor Oliveira de Azevedo, novo presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Novas Diretrizes Gerais - Também foram aprovadas as Novas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil para o próximo quadriênio (2019 a 2023).

O objetivo delas trata-se novamente de um novo chamado de volta às fontes para olhar a experiência das comunidades primitivas e inspirados por elas formar, no hoje da história comunidades eclesiais missionárias.

Segundo padre Manoel de Oliveira Filho, membro da Comissão do Texto Central, são quatro pilares das Diretrizes: a Palavra de Deus e a iniciação à vida cristã; O pilar do Pão que é a casa sustentada pela liturgia e sobre a espiritualidade; o pilar da Caridade, sustentada sobre o acolhimento fraterno e sobre o cuidado com as pessoas, especialmente os mais frágeis e excluídos e invisíveis; o pilar da Missão porque é impossível fazer uma experiência profunda com Deus na comunidade eclesial que não leve, inevitavelmente, à vida missionária.

A realidade urbana é vista pelo sacerdote como uma mentalidade e cultura. “Nesta realidade a Igreja é convidada a ser presença. Como casa. Como comunidade eclesial missionária”, disse.

De acordo com ele, as diretrizes indicam um rumo muito bonito, pois partem de uma perspectiva de encontro com Deus e com os irmãos, numa dinâmica de acolhida, de portas abertas, de ir ao encontro, de espera e acolhida ativa para formar as comunidades, que, conforme o padre, podem estar em qualquer lugar.

RC/VaticanNews/RCR

Contador de Cliques

Compartilhe!