Menu

Início » Notícias » Jequié: Milhares de católicos foram as ruas na procissão de Domingo de Ramos

Jequié: Milhares de católicos foram as ruas na procissão de Domingo de Ramos

Noticia 599

RC (09-04-2017) - Fiéis católicos da cidade de Jequié-Ba, participaram da  tradicional procissão do Domingo de Ramos.  O evento religioso deu início às 17h10, com a bênção dos ramos, na praça da bandeira no centro da cidade, de onde saíram em caminhada, cantando hinos e lembrando com os ramos nas mãos a entrada triunfal de Jesus Cristo em Jerusalém, poucos dias antes de sofrer a Paixão, Morte e Ressurreição.  A procissão foi encerrada em frente a Cadredal de Santo Antonio, no Espaço Cultural Dom Cristiano, onde foi realizada a celebração da santa missa presidida pelo Bispo diocesano, Dom José Ruy Gonçalves Lopes e concelebrada pelos padres das Foranias de Jequié.


O Domingo de Ramos é chamado assim porque o povo cortou ramos de árvores, ramagens e folhas de palmeiras para cobrir o chão onde Jesus passava montado num jumento. Com folhas de palmeiras nas mãos, o povo o aclamava “Rei dos Judeus”, “Hosana ao Filho de Davi”, “Salve o Messias”.


 O povo o aclama cheio de alegria e esperança, pois Jesus como o profeta de Nazaré da Galiléia, o Messias, o Libertador, certamente para eles, iria libertá-los da escravidão política e econômica imposta cruelmente pelos romanos naquela época e, religiosa que massacrava a todos com rigores excessivos e absurdos. E que até os dias atuais são vivenciadas pelo povo cristão. Mas, essa mesma multidão, poucos dias depois, manipulada pelas autoridades religiosas, o acusaria de impostor, de blasfemador, de falso messias. E incitada pelos sacerdotes e mestres da lei, exigiria de Pôncio Pilatos, governador romano da província, que o condenasse à morte.

Veja também