Diocese de Jequié à espera do seu novo bispo

Diocese de Jequié à espera do seu novo bispo

RC – Terça-feira 14 de julho de 2020

Na última quarta-feira dia 10 de julho completou um ano que a diocese de Jequié (BA), está vacante sem o seu pastor na espera do novo bispo. A diocese foi criada em 7 de novembro de 1978, pela bula Quo absolutius do Papa São João Paulo II, abrange 28 municípios e 37 paróquias, sendo que dessas nove se encontram na sede da diocese Jequié. A diocese é sufragânea da Província Eclesiástica de Vitória da Conquista.

 O primeiro bispo diocesano foi dom Cristiano Jakob Krapf, que nasceu em 12/09/1936, em Saint-Gall, Suíça, ordenado sacerdote em 15/03/1964 e chegou ao Brasil como missionário na Diocese de Ilhéus/BA, até que em 07/11/1978, foi eleito bispo da mais nova e recém criada Igreja Particular de Jequié, pelo Santo Padre São Papa João Paulo II e teve  um longo e profícuo ministério episcopal em nossa  amada Diocese  de Jequié desde 1978. Teve sua renúncia aceita pelo Papa Bento XVI, em 2012, procedimento canônico normal  na Igreja, como reza o Cân. 401 §1   após o bispo completar 75 anos deve apresentar carta de renuncia ao papa. Idade que Dom Cristiano celebrou com muita alegria em nosso meio em 2011. Um pastor muito zeloso para com o rebanho.  

No dia 13 de outubro de 2012, dom Cristiano Krapf, passou o báculo da missão para Dom José Ruy Gonçalves Lopes, nomeado pelo papa Bento XVI. O novo bispo nasceu em 6 de agosto de 1967, em Feira de Santana, no centro-norte. Ele entrou para a vida religiosa aos 17 anos, na Ordem dos Frades Menores Capuchinhos. Foi pároco no bairro de Valéria e capelão do leprosário de Salvador antes de ser transferido, já com o título de monsenhor, para exercer seu ministério na arquidiocese de Feira de Santana. Foi ordenado bispo em 7 de setembro de 2012, na histórica Basílica da Conceição da Praia, na arquidiocese de São Salvador da Bahia.

O 2º Bispo da Diocese de Jequié-BA, que assumiu canonicamente a Diocese, no dia 13 de outubro de 2012, em frente à Catedral Diocesana de Santo Antônio de Pádua. Pautou sua missão episcopal na reorganização da diocese criando assim, estruturas necessárias para que a Igreja Diocesana fossem autônoma na sua ação evangelizadora. Passaram-se oito anos de seu frutuoso pastoreio frente a Diocese de Jequié, em 10 de julho de 2019, D. José Ruy Goncalves Lopes, foi transferido e nomeado pelo papa Francisco, bispo para a Diocese de Caruaru/PE. 

A diocese de Jequié no presente momento está sob a responsabilidade do Administrador Diocesano e Cura da Catedral de Santo Antônio de Pádua, Pe. Roberto Oliveira Silva e o Colégio dos Consultores. Aguardando com fé e confiança no Senhor a nomeação do novo pastor para continuar a missão evangelizadora da Igreja Diocesana.

 

Contador de Cliques

Compartilhe!