Jequié - Fazenda da Esperança Chiara Lubich Celebra São Francisco

Jequié - Fazenda da Esperança Chiara Lubich Celebra São Francisco

Segunda, 28-10-2019

por - A Fazenda da Esperança Chiara Lubich, localizada no Distrito Serrana Município de Brejões (KM 100), realizou domingo, 27, a Festa de São Francisco. Uma programação especial foi preparada para receber os familiares, amigos e colaboradores. A festa teve início às 09h00, com acolhida feita pelo ministério de música da Renovação Carismática Católica da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição. Apresentação teatral (vida de São Francisco), testemunhal e celebração da santa missa presidida pelo pároco da Paróquia de Santo Antônio do distrito do KM 100, padre Washington Ribeiro e concelebrada pelo bispo emérito de Amargosa-BA, Dom João Nilton dos Santos Souza.   

A Fazenda da Esperança tem como base de sua vida a espiritualidade do movimento dos focolares, obra social criada em 1943 em Trento na Itália por uma jovem chamada Chiara Lubich, e também o carisma de São Francisco, que fundou a ordem religiosa dos franciscanos também na Itália e mais precisamente em Assis. É uma comunidade terapêutica que, no Brasil e em outros países, acolhe jovens com o desejo de se recuperar dos mais variados tipos de vícios por meio da convivência, trabalho e espiritualidade.

O retiro espiritual oferecido pela Fazenda da Esperança aos jovens, dura em média um ano e tem como intuito, fazer estes jovens criarem valores que os tornem capazes de viver de forma equilibrada. 

Além de todo um “estilo de vida” que passam a ter que viver no processo de recuperação, os jovens permanecem os três primeiros meses sem poder receber visita e se comunicam apenas por cartas. Tal isolamento e incomunicabilidade, proporcionado não só pelo afastamento de suas “más influências” e da família, mas do ambiente urbano em que vivia, seriam um adicional de facilitação para que o jovem entre na dinâmica e nas práticas espaciais propostas.

Na Catedral de Santo Antônio e Paróquia de Nossa Senhora das Graças em Jequié-BA, foram criados grupos conhecidos como GEV (Grupo Esperança Viva), uma extensão da própria fazenda nas cidades. Sua principal função é o apoio aos jovens que já passaram pela Fazenda bem como o acolhimento de pessoas que queiram viver este “estilo de vida”, como familiares destes voluntários e qualquer tipo de pessoa que se sinta bem através da espiritualidade.

 

Contador de Cliques

Compartilhe!