Policiais encontram totem adulterado usado no ‘Cartel das Placas’

Policiais encontram totem adulterado usado no ‘Cartel das Placas’

FOTO - RC

 

Alvo de uma operação deflagrada anteontem pelo Ministério Público da Bahia (MP), o ‘Cartel das Placas’, que controla o mercado de emplacamento de veículos no Detran há mais de três décadas, usava um totem manipulado que direcionava clientes para as empresas do esquema. O equipamento adulterado, criado para dar aparência de isenção ao setor, foi encontrado durante as buscas e apreensões realizadas pelos policiais civis e rodoviários federais no Shopping da Bahia, onde funciona a sede da Associação Baiana de Estampadores de Placas Veiculares, considerada a central do esquema. Instalado próximo à unidade do SAC, que abriga um posto do Detran, o totem era o meio usado para que usuários pudessem solicitar o serviço, mas tinha como objetivo monopolizar a venda de placas. 

Caça-tesouro

Investigadores do Gaeco, grupo do MP voltado a combater organizações criminosas, iniciaram a análise do equipamento para descobrir como o sistema foi fraudado para beneficiar o cartel e medir a fatia de cada empresa na negociata.

Fim de segredo

Embora o MP tenha mantido sigilo sobre os nomes dos dois principais alvos da operação, a Satélite apurou que se tratam dos empresários Adriano Muniz Decia e Catiucia de Souza Dias, presos em suas residências, respectivamente, situadas em condomínios de luxo no Horto Florestal e em Busca Vida, onde foram encontrados gavetas cheias de dinheiro.

Peixe grande

Policiais que efetuaram as prisões contam que os dois alvos se disseram protegidos de um conhecido político, com passagem por diversos partidos - entre os quais, MDB, PDT e PP - e cargos eletivos no Executivo e Legislativo. A citação ao político reforça as suspeitas do Gaeco de que ambos respondiam a pessoas acima deles no cartel.

Linha de zaga

Relator da Faroeste no STJ, o ministro Og Fernandes está de olho em eventuais chicanas para atrasar o caso. Ao ver a imensa lista de testemunhas arroladas pelo falso consul Adailton Maturino, mandou que a defesa restringisse o número ao teto definido na lei: oito por cada crime imputado.

Stand by

Lideranças da base aliada ao Palácio de Ondina garantem que o governador Rui Costa (PT) decidiu manter em banho-maria as trocas no primeiro e segundo escalões para reavaliar o cenário com horizonte na sucessão de 2022. Nas conversas com membros do Conselho Político do governo, Rui sinalizou que, no momento, seria precipitado cortar cargos de partidos que hoje seguem tendência de afastamento e dar o espaço para aqueles que se mantêm próximos, já que o quadro pode mudar ao sabor dos ventos.

Fumaça e fogo

Caminha para virar guerra judicial a licitação que vai selecionar a produtora responsável pela TV da Assembleia Legislativa. Interessados no contrato já detectaram itens no edital sob medida para favorecer uma das empresas.

"Desonerar o IPI sobre os produtos da linha branca, a como  fogão e geladeira, é medida que vai contribuir para a  retomada, como já disse o próprio Ministério da Economia" - Ronaldo Carletto, deputado federal pelo PP da Bahia, ao cobrar urgência da votação do projeto que reduz o imposto para o segmento

 

Fonte -  www.correio24horas.com.br

 

Contador de Cliques

Compartilhe!