Reporter Catolico/

Sebrae oferecerá incentivo de até R$ 100 mil a micro e pequenas empresas.

-301

Chamada de projetos é oferecida pela primeira vez na Bahia e integra o Programa Sebraetec, para projetos de diferenciação

Salvador - Os empresários baianos que buscam apoio para projetos de desenvolvimento de novos modelo de negócio, produto ou serviço têm a oportunidade de conseguir o subsídio necessário para tirar os seus planos do papel. O Sebrae Bahia lança, pela primeira vez no estado, uma chamada de projetos do programa Sebraetec, que oferecerá apoio financeiro não reembolsável de 80% do valor do projeto participante. As inscrições seguem até o dia 20 de outubro e são voltadas para micro e pequenas empresas (MPE).

O objetivo da ação é viabilizar o acesso subsidiado a serviços de inovação e tecnologia, oferecidos por prestadores de serviço credenciados no programa Sebraetec. Dessa forma, os empresários podem implementar projetos que diferenciem seus modelos de negócio, produtos ou serviços em seu mercado de atuação.

O valor máximo do projeto inscrito é de R$ 125 mil, e o valor do subsídio pode ser de 80% do total. Ou seja, no caso do valor máximo, o apoio financeiro seria de até R$ 100 mil. A empresa demandante, por sua vez, precisa apresentar contrapartida financeira de 20% do valor total do projeto. Cada empresa pode participar com apenas um projeto de diferenciação por ano. 

Segundo Leandro Barreto, gerente da Unidade de Acesso à Inovação e Tecnologia (UAIT) do Sebrae Bahia, a oportunidade pioneira vem fomentar a cultura da inovação no estado. “Serão beneficiadas empresas que querem melhorar a sua competitividade desenvolvendo ou melhorando produtos e processos, que estão apostando em inovação como diferencial competitivo de seu negócio”, afirma. Ele lembra ainda que a chamada pode contemplar MPE de diversos setores, além de startups.

A seleção acontecerá em três etapas, chamadas de Habilitação, Mérito e Classificação. Na primeira, será analisada a documentação solicitada, descrita no edital. Na etapa de Mérito, os projetos serão avaliados por uma banca examinadora, que levará em consideração os critérios inovação, potencial de mercado e contexto econômico, potencial tecnológico e abrangência. Já na última etapa, os pareceres passarão pela UAIT, no Sebrae Bahia, para classificação dos projetos e criação de um ranking estadual.

O Sebrae oferecerá até R$ 2 milhões em apoio financeiro, e os projetos contemplados terão o prazo máximo de execução de dez meses contínuos, a contar da data de assinatura do contrato de prestação de serviços.

A chamada de projetos completa, de nº 01/2015, e seus documentos anexos estão disponíveis na página de editais do site do Sebrae Bahia, no link Sebraetec. Outras informações podem ser obtidas pelo e-mailprojeto.diferenciacao@ba.sebrae.com.br.

Fonte: Sebrae

Contador de Cliques

Compartilhe!